14 de julho de 2005

Bicha Solitária

Equipa de funcionários públicos do Ministério da Educação campeã europeia de Solitaire

Fala-se muito da falta de auto-estima dos portugueses. Que só Mourinho faz Portugal orgulhar-se. Depois de José, o país desportivo volta a sorrir com a vitória no campeonato europeu de Solitaire. A equipa do Ministério da Educação mostrou porque era apontada desde o início como favorita à vitória. Portugal defrontou a Espanha na Meia-final e ganhou a Final com a Grécia. Marina da Conceição capitã da equipa comentou o feito:

“Marina: Depois da derrota com a Grécia no Euro, finalmente a desforra. Portugal pode voltar a sentir orgulho. Mostrámos grande superioridade.

Biscoito Interrompido: A que se deve o facto de num campeonato como o Solitaire, são os países mais pobres da União Europeia a mostrar qualidades? A que se deve a esta superioridade da Grécia, Portugal, Itália e Espanha?

Marina: Estes países têm condições de trabalho únicas. Aqui em Portugal, os funcionários públicos têm tudo o que é preciso para trabalhar a sério no Solitaire. Basicamente passamos de segunda a sexta das 9 ás 5 a treinar Solitaire. Temos todo o equipamento necessário. Cada funcionário tem o seu computador e conseguimos estar concentrados apenas naquilo.

Biscoito Interrompido: Em países como Inglaterra, Alemanha e toda a Escandinávia, o Solitaire ainda não tem tradições tão fortes como aqui? Na sua opinião nesses países não há uma aposta séria na modalidade?

Marina: Pois, sem condições nada feito. Os funcionários públicos nesses países não têm as nossas condições. Não são profissionais do Solitaire pois têm que dividir a prática dessa modalidade com outras tarefas como a parte administrativa, atendimento de telefones, atendimento ao público, etc. Karl Yunghans o capitão da equipa do Ministério da Justiça da Noruega queixa-se de que em média treina Solitaire 2 a 3 dias por semana e só duas horas por dia. E isso é muito pouco.