10 de março de 2011

Erro técnico levou a cães com chip a votarem nas presidenciais

O total de eleitores divulgado em Diário da República revela menos 202661 do que os contabilizados nas presidenciais. Segundo a assembleia geral de apuramento dos resultados das Presidenciais, que funciona junto do Tribunal Constitucional, esta discrepância deve-se a um erro técnico do sistema do cartão do cidadão que permitiu que milhares de animais microchipados participassem indevidamente no acto eleitoral. Segundo a Comissão Nacional de Eleições, a maioria dos gatos votou Manuel Alegre, os cockers votaram em Cavaco Silva e a esmagadora maioria, os caniches, votou em Fernando Nobre.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI