29 de março de 2011

Crise política está a criar varizes na jornalista Anabela Neves da SIC

A actual fase frenética de comunicados, movimentações, intrigas e intervenções em horários imprevisíveis na Assembleia da República está a provocar enormes dilatações nas veias e a debilitar a circulação sanguínea nos membros inferiores da jornalista que mais frequenta os corredores daquele orgão de soberania. Os últimos dias obrigaram mesmo a jornalista a ter de usar uma meia elástica para proporcionar um apoio suave e anticoagulante para prevenir a formação de trombos sanguíneos, acessórios já usados nos últimos dias das negociações do orçamento entre Teixeira dos Santos e Catroga. “Se a votação do PEC demorasse mais uns dias, eu não me livrava de ter uma flebite, eczema venoso, uma fibrose e tinha de ser internada para uma cirurgia para extrair veias varicosas”, afirmou Anabela Neves enquanto esperava pacientemente que Francisco Assis saísse de uma reunião da Comissão Política do PS para lhe dar uma palavrinha.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI