26 de outubro de 2009

Mesa onde ministros vão assinar durante a tomada de posse só terá 3 pernas

José Sócrates vai usar a cerimónia da tomada de posse do novo governo para mais uma vez se vitimizar devido a este novo executivo governar com maioria relativa. “Na anterior legislatura, a mesa da tomada de posse tinha quatro pernas e não abanava. Eu apelo para que haja diálogo, entendimento e compromisso também na tomada de posse. Queremos os partidos à nossa esquerda a fazer força para a mesa não tombar. Queremos que o PSD agarre no livro enquanto o ministro assina e queremos o CDS munido de canetas caso a caneta do ministro falhe”, afirmou Sócrates.

Publicado no Inimigo Público de 23 de Outubro de 2009

Edição online do Inimigo Público aqui