20 de outubro de 2009

Mega investigação Ministério Público: provas concluem que existe conluio entre informações meteorológicas e farmacêuticas para vender mais paracetamol

Não são só as empresas produtoras de vacinas da gripe A a utilizarem os média com objectivos comerciais. Centenas de pessoas estarão envolvidas numa gigantesca fraude que envolve manipulação de informações meteorológicas, induzindo em erro os cidadãos. “Fizemos escutas telefónicas e temos provas de que delegados de informação médica subornavam meteorologistas para que estes inflacionassem as temperaturas máximas em 5 a 10 graus centígrados. Apreendemos também milhões de agasalhos e gabardines que não aqueciam nada propositadamente. A indústria dos têxteis e as opções estéticas dos grandes criadores de moda são encomendadas pelas multinacionais do paracetamol”, afirmou um bufo do MP.

Publicado no Inimigo Público de 16 de Outubro de 2009

Edição online do Inimigo Público aqui