13 de junho de 2008

Donos de iates fazem greve de golfe

Cerca de 250 proprietários portugueses de iates de luxo têm realizado nos últimos dias inúmeras manifestações e bloqueios aparatosos e violentos contra o aumento do preço dos combustíveis. Tal como os pescadores, também os proprietários de veleiros, iates e catamarãs usufruem de benefícios como a isenção do imposto sobre produtos petrolíferos, pagando o gasóleo a 80 cêntimos em vez dos cerca de 1.4 euros por litro. Estes indivíduos de classe alta organizaram um efusivo protesto bloqueando a Baía de Cascais, a refinaria de Sines e a entrada do restaurante Gambrinus e convocaram também uma greve generalizada de golfe, hipismo, ténis, caça e corridas Todo-o- Terreno. Devido à exigência do cumprimento solidário desta greve, aconteceram nos últimos dias violentos desacatos em que vários indivíduos de classe alta foram espancados por terem sido apanhados a jogar golfe em Espanha, tendo sido destruídos cerca de 50 tacos de golfe.