17 de março de 2008

Novo Regulamento do PSD autoriza excisão feminina

O Conselho Nacional do PSD aprovou as propostas de novos regulamentos de militantes, quotas, eleições e finanças internas. Um dos pontos mais polémicos e mais criticados está relacionado com o facto de os novos regulamentos permitirem o pagamento de quotas através de numerário, impedido por lei, estando aberta a porta à lavagem de dinheiro ao nível do financiamento partidário. As alterações ao regulamento interno do PSD são tão ilegais que permitem que dentro das concelhias do PSD não estejam criminalizadas as práticas de rapto, poligamia, escravatura sexual, profanação de cadáveres, zoofilia, sacrifício de animais, tráfico de peles de chinchila e de outras espécies protegidas, uso de instrumentos de torturas usados durante a Inquisição e genocídio, desde que seja realizado pelo secretário-geral ou com autorização do mesmo.