31 de março de 2008

ASAE apreende arroz usado para atirar aos noivos

Além da Direcção-Geral dos Impostos, também a ASAE já está a demonstrar excesso de zelo relativamente aos casamentos. A ASAE apreendeu ontem de manhã, em dezenas de casamentos, cerca de 3 toneladas de arroz e levantou para cima de três dezenas de autos pelo facto de o arroz usado para atirar aos noivos não estar devidamente condicionado e não ter rotulagem. "Fiquei com o meu casamento estragado. Além da ASAE, vieram cá os senhores das finanças pedirem-me comprovativos da compra do arroz, o número fiscal do estabelecimento onde foi adquirido e a identidade da pessoa que os tinha pago. Eles começaram a ficar desconfiados quando eu lhes dei o número de convidados. Acharam que, com a quantidade de arroz atirada, o número de convidados teria que ser o triplo daquilo que eu lhes disse e, por isso, tive de pagar 2500 euros por ter prestado falsas informações", afirmou uma noiva.