21 de dezembro de 2007

Avião que transportava Vieira e nova contratação do Benfica tinha notário ligado ao FC Porto na casa de banho

O mercado das contratações de futebolistas é tão competitivo e selvático que Luís Filipe Vieira teve que se deslocar pessoalmente ao México para contratar e trazer consigo reforços de Inverno para o clube da Luz, como o avançado César Delgado do clube mexicano Cruz Azul. Pinto da Costa armou um plano que consistia na colocação de um notário na casa de banho dos homens no avião que transportava Vieira e o jogador, já com um contrato pronto para assinar e com valores superiores aos oferecidos pelo Benfica. César Delgado acabou por não ir à casa de banho mas foi apresentado como jogador do Porto porque um outro notário tripeiro mascarado de taxista no aeroporto da Portela conseguiu a assinatura do avançado enquanto Vieira aproveitou aquele trajecto de cinco minutos da Segunda Circular para passar pelas brasas.