10 de dezembro de 2007

Atendimento 112 do Alentejo passará a ser feito na Índia

O Ministério da Saúde continua a cortar custos desnecessários e decidiu deslocalizar os serviços de atendimento telefónico para a Índia, à imagem do que já é praticado em muitas empresas multinacionais. As chamadas telefónicas serão atendidas por operadores que falam correctamente três línguas - a Hindu, a Tamil e o Inglês - mas não sabem falar uma palavra de Português. O serviço só funciona durante oito horas por dia para não gastar salários de dois turnos. Para que o Ministério não tivesse custos adicionais com o pagamento de subsídios nocturnos aos operadores Indianos, o horário será o de expediente equivalente ao fuso horário de Nova Deli, ou seja, funciona entre as duas e as dez horas da manhã em Portugal.