23 de janeiro de 2007

Vedetas de televisão estão proibidas de enunciar em entrevistas mais que três sonhos que têm na vida

O Presidente da República promulgou a lei sobre Limitação de Sonhos de Famosos em Entrevistas depois de ter chegado da sua visita à Índia. Segundo a nova lei, depois de ultrapassado o limite legal de sonhos expressos, a pergunta “projectos para o futuro” não poderá ser feita. A lei só conta como sonhos os reais e concretizáveis sendo que o famoso pode referir mais dois sonhos dos impossíveis. Este artigo já foi considerado uma cedência ao lóbi gay por permitir que um famoso gay possa referir três sonhos e depois ainda dizer que quer ser pai mas não encontrou a mulher ideal. Cavaco Silva, agastado com tal acusação, sugeriu ao governo a substituição de um artigo para que a lei proibisse que um famoso que sonha trabalhar com o La Feria não possa dizer que a mãe é a pessoa mais importante.