5 de janeiro de 2007

Previsões infalíveis para quem quiser passar por inteligente

∙ O ano 2007 será um ano de transição

∙ A morte de Fidel Castro vai lançar Cuba num caos.

∙ Lei das Finanças Regionais não evita que Marítimo continue a esbanjar

∙ Que o Iraque continuará em desordem e que os EUA terão dificuldades a gerir a situação

∙ Sócrates terá dificuldades em cumprir défice.

∙ Vão ser anunciadas mais pontes para o Tejo e Douro

∙ O Simplex vai dar barraca.

∙ Os lavabos das senhoras terão filas

∙ Vai haver greves

∙ Alguns preços de bens essenciais como o tabaco, alpista e naftalina irão subir e causarão descontentamento social.

∙ O haxixe continuará a ser considerado menos nocivo que o tabaco por parvos que usam t-shirts “legalize”

∙ Professores vão continuar a fazer mais queixinhas que a ensinar

∙ Estudos que concluem que a venda de tabaco está a baixar em Portugal vão continuar a não perceber que o tabaco ilegal vindo de Espanha é que provoca isso.

∙ Marques Mendes terá oposição ainda mais forte e sofrerá constantes ataques

∙ O uso da internet será massivo.

∙ Rui Rio não vai mudar de penteado

∙ Ninguém continuará a admitir que ver um vídeo do You Tube demora porque aquilo está sempre a interromper
∙ O Guterres vai estar preocupado com o Darfur.
∙ O Jogging de Scolari vai passar para as 8.35
∙ A EPUL vai continuar a fazer maroscas
∙ Mães de Bragança vão anunciar no CM por causa da crise
∙ CIA vai transportar terroristas via Transtejo e Fertagus e não se vai provar nada
∙ Putin vai continuar a envenenar malta.
∙ Economia portuguesa vai crescer um pintelho mas haverá auto-elogios
∙ O Sampaio vai estar preocupado com a tuberculose dos outros.
∙ Empresa que vende detectores de radares será a empresa do ano
∙ Bloggers vão continuar a pensar que são muito importantes
∙ O ano 2007 será importante para definir as relações culturais e políticas entre o Ocidente e o Islão.
∙ Ninguém vai ligar aos campeonatos de cartunes organizados por Islâmicos para provocar o Ocidente
∙ Governo vai inventar mais coisas para dar a ideia de reformismo
∙ Adelaide Ferreira vai continuar a afirmar que ser mãe fez mudá-la do rock para as baladas
∙ Bento XVI vai fazer uma tatuagem a dizer “I Love Turquia”
∙ Alguns dos ministros muito fraquinhos vão ser demitidos e outros vão continuar
∙ Nuno Melo vai continuar a usar os fatos que eram de Portas em 2004
∙ Bancos não vão pagar mais impostos
∙ Algumas Estrelas SIC vão sair da SIC e outras vão continuar a não fazer nada
∙ A partir de Março os dias vão começar a parecer maiores
∙ Ana Gomes vai ter um caso com um agente da CIA
∙ A gripe das aves vai matar mais umas quantas pessoas mas o pânico será exagerado
∙ O referendo vai ser renhido entre o lado dos que votam e o dos que não votam.
∙ Em Maio haverá morangos baratos e outros caros
∙ O boato de que o adoçante provoca cancro vai continuar.
∙ A bica será mais cara
∙ O Chiado continuará a ter muitos gays tal como as paróquias e a SIC
∙ Alunos vão continuar a ter intoxicações alimentares
∙ A violência doméstica vai subir
∙ Bin Laden (Ben Laden para o DN) não vai ser apanhado.
Scarlett Johansson vai continuar a ser motivo de ciúmes por parte das esposas de executivos que são clientes “low-cost”
∙ Revistas vão continuar a publicar coisas sobre viagens e estudos da treta
∙ Cavaco vai começar a levar o pequeno almoço à cama de Sócrates.
∙ Os Estados Unidos continuarão a não cumprir Kioto.
∙ Os portugueses vão perder poder de compra
∙ MSN de Padre Borga não vai permitir adicionar mais contactos
∙ Benfiquistas vão continuar a pensar que o sonho do Mourinho é treinar o Benfica
∙ Sócrates vai começar a levar pareceres jurídicos à cama dos juízes do Tribunal Constitucional
∙ Lobo Antunes não vai ganhar o Nobel.
∙ Vai continuar a sobrar imensa comida da consoada
∙ Quem se mascarar de Marinheiro vai ficar com má-fama
∙ Ninguém vai admitir que tentou arranjar um fato de banho igual ao do Borat
∙ Adolescentes vão continuar a colocar “Carpe Diem” como citação favorita no perfil do Hi5
∙ Pinto da Costa vai tentar limpar a imagem. Valentim nem por isso.
∙ As televisões terão intervalos longos
∙ A Lua de Joana continuará a ser o livro favorito das pessoas que gostam da citação “Carpe Diem”
∙ Durão vai engordar ainda mais.
∙ Lobo Antunes aprende a tirar a mão da boca enquanto fala
∙ Menezes continuará a fazer tudo menos o que deveria
∙ Miguel Sousa Tavares vai continuar a fumar
∙ Ministros continuarão a fazer conferências sem direito a perguntas
∙ Os preços das chamadas não vão baixar depois da Sonaecom tomar conta da PT.
∙ O crédito malparado irá subir em 2007.
∙ Uma série de entidades reguladoras vão ao ar.
∙ Manuel Pinho vai ser obrigado a entregar a carta da mulher para continuar a conduzir
∙ Vai haver fome em África.
∙ A velocidade da Net continuará a ser aldrabada.
∙ Marcelo vai continuar a tossir em directo
∙ Manuel Pinho vai ser obrigado a entregar a sua carta mas adquire um veículo daqueles que servem para os putos de 14 anos.
∙ Paula Moura Pinheiro vai continuar a querer provar que sabe mais coisas que os entrevistados.
∙ Joana Amaral Dias passa do 34 para o 36 copa B
∙ O Apito Dourado, Operação Furacão e Casa Pia não vão dar em nada.
∙ Em Abril vai chover muito.
∙ Taxa de juro vai subir
∙ O caso Camarate será muito comentado em Dezembro de 2007.
∙ Vai haver trânsito na IC 19 e da 2ª Circular
∙ Jorge Gabriel vai fazer mais anúncios.
∙ Direita vai querer procurador especial para julgar 25 de Abril.
∙ Quaresma e Lucho González vão continuar a fazer tatuagens
∙ Compromisso Portugal retomará as suas actividades e Carrapatoso passará a usar pólos do râguebi e o cabelo igual a Nuno Melo.
∙ Paulo Portas vai continuar a ver cinema.
∙ Prós e Contras continuará a ter sempre o mesmo tema
∙ Jesualdo Ferreira vai sorrir a meio de um jogo
∙ O Nuno Melo terá uma namorada nova assim como Santana, Pinto da Costa ou Ana Zanatti
∙ Pacheco Pereira acaba com o stock de imagens do trabalho em Portugal.
∙ Fernando Santos vai passar a ter fatos de grife mas continuará mal-encarado
∙ O Sol poderá ultrapassar o Expresso em tiragem mas só se oferecer melhores Dvd´s
∙ Beira-Mar vai dispensar Mário Jardel
∙ Paulo Bento vai voltar a dizer dranquilidade
∙ O conflito Palestina-Israel terá novos desenvolvimentos
∙ A RTP continuará a ser cinzentona
∙ Malato continuará simpático mas sem piada nenhuma
∙ O Apito Dourado continuará a marcar a agenda.
∙ Maria José Morgado será alvo de ameaças.
∙ Ribeiro e Castro terá dificuldades e opositores.