18 de janeiro de 2007

O Biscoito dá umas dicas para comprar um carro usado

-Quando um vendedor lhe disser: "Este carro é de 2002, quase 2003" quer dizer que é de Janeiro ou Fevereiro de 2002.

-O vendedor realça que o carro só teve um dono. É uma concepção antiquada e machista baseada na valorização ancestral da pureza da mulher aplicada aos carros.

-O vendedor refere que o dono do carro era não fumador. A ideia dele é convencer-lhe que um não fumador estima melhor o carro que um fumador. Cuidado com esses manipuladores que vendem carros mas sabem os truques todos dos livros americanos acabados em "nomics". Eles sabem que o hemisfério direito do nosso cérebro é atingido pela ideia de que um carro de um não fumador cheira menos mal e está mais saudável porque não foi prejudicado com os males do fumador passivo.

-O dono do carro é um ex-fumador quer dizer que ou está a mentir, ou o carro está todo espatifado porque um ex-fumador aumenta bastante de peso e é ainda mais nervoso que um fumador.

-Se o vendedor disser que facilita o pagamento, quer dizer que o carro é péssimo.

-Um anúncio que exija "só vendo a particular" quer dizer "só vendo a totós que não percebem que estão a ser aldrabados"

-Quando um anúncio ou vendedor do stand refere coisas a mais sobre o carro quer dizer que o carro é uma grande tanga. Exemplo: Passat 1.9 Tdi, ABC, 2xAB, AR c/ cx, AL, FC, TA, JLL,

-Quando um anúncio diz que vende à melhor oferta quer dizer que o vendedor é uma espécie de José Veiga dos carros. Fuja dele!

-Se o vendedor aceita uma troca com o seu, fuja! Trata-se de um depravado dos carros, um swinger do asfalto.

-Se o vendedor refere que o carro tem vidros escuros, fuja dele. Não compre um carro que foi usado basicamente para maluquices em descampados, que está todo infectado e poderá mesmo ter algumas vidas embrulhadas em látex no cinzeiro

-O vendedor refere com orgulho que o carro fez as revisões na marca. Talvez valha a pena comprar porque trata-se de um indivíduo que não se importa de gastar dinheiro à toa e portanto será fácil que ele baixe o preço.

-Se o vendedor lhe disser “quero vender o carro a alguém que cuide bem dele e não o abandone”, cuidado porque ele vai telefonar-lhe semanalmente para saber como está o “cãozinho”.

-O vendedor refere que o carro tem 121678 km. É um picuinhas. Acompanhe o anúncio por algumas semanas para ter a ideia se o número de km é actualizado. Se sim, quer dizer que o carro ainda anda ou o dono é um neurótico do rigor ou um mentiroso compulsivo. Se não actualizar quer dizer que o vendedor é pouco rigoroso, que o carro não anda ou então o vendedor pagou o anúncio por semanas porque sabia que era difícil vender logo aquela porcaria.

-O carro tem 6 anos, 200000 km e está impecável. Estão a gozar consigo.

-O carro tem full extras. Fuja! Ele vai querer vender-lhe muito acima do preço justo argumentando: “repare que isto é tudo cromado, o tablier é em nogueira, estofos são em pele de búfalo e a água para limpar os vidros é Carolina Herrera”.