3 de março de 2009

Facebook de árbitro recebeu fruta virtual antes de um jogo do Porto

O Ministério Público está a investigar o Facebook de Pedro Proença, árbitro do clássico FC Porto-Benfica que assinalou uma grande penalidade inexistente a favor do FC Porto. O Ministério Público detectou um número inusitado de toques dados no perfil de Pedro Proença pelo presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, Vítor Pereira. “A nossa base de investigação é a aplicação do Starbucks no Facebook. Estamos a fazer a triagem. Para a semana vamos chamar a “Caffè Latte”, a “Caffè Mocha” e a “Caramel Macchiato” para depor em tribunal. Também temos mensagens suspeitas no mural do Facebook do empresário António Araújo de uma tal de “Blueberry Muffin” ”, afirmou Maria José Morgado.



Bookmark and Share