30 de novembro de 2006

Fim das relações amorosas está cada vez mais relacionado com o facto de o telemóvel já não conseguir gravar mais SMS´s lamechas daquela relação

Segundo o psicólogo Pedro Torrão, numa relação, principalmente durante os primeiros tempos, a troca de mensagens de carácter romântico é extremamente intensa. Pedro Torrão explica a importância de gravar as mensagens: "Estas mensagens são gravadas no telemóvel como uma recordação. Além disso, existe uma grande cobrança e pressão mútua para que nenhuma mensagem significante seja apagada". A comprovar isto, estão as habituais, mas pouco referidas em público, inquirições feitas por ambos os membros do casal ao telemóvel do parceiro que consiste em fazer o encontro entre a caixa de entrada de um telemóvel com as mensagens enviadas pelo outro. Apagar uma mensagem lamechas actualmente é razão suficiente para terminar um namoro. "É o equivalente pós-moderno a tirar a aliança ou deitar fora uma foto", afirmou o psicólogo. Situação até hoje não resolvida é o facto de não ser ilimitado o espaço destinado a gravar mensagens. Assim, uma relação entra num impasse quando já não há mais espaço para gravar mensagens. O Biscoito conseguiu o testemunho de Eduardo que acabou o namoro de 12 dias depois de saber que a namorada apagou a sua SMS com o texto: "És a minha bichinha, xabias?"