23 de março de 2010

ERC obriga Rodrigues dos Santos a piscar os olhos com ar maroto em reportagens com mulheres gordas e menos atraentes

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) apresentou uma série de recomendações para aumentar o pluralismo das mulheres que são cobiçadas por José Rodrigues dos Santos com a devida cumplicidade dos telespectadores nos finais dos telejornais da RTP. Com efeito, o pivot terá de piscar os olhos com ar maroto em reportagens com mulheres de obesidade de tipo 1 e tipo 2, de todos os tamanhos de bustos e copas, todas as cores de cabelo e de olhos, de todas as faixas etárias, habilitações académicas, profissões, estados civis, signos, raças, credos, alturas, classes sociais, tamanhos do pé e índices de massa corporal. “Precisamos do contraditório à mulher com corpo ampulheta. As mulheres com corpos em formato de pêra, com corpos rectangulares rectilíneos, corpos em formato de triângulo invertido e em formato oval ou de diamante também têm direito ao piropo mental. E também quero uma apresentadora do sexo feminino a deleitar-se com corpos de homens”, defendeu Azeredo Lopes