21 de janeiro de 2010

Diferença de preços entre depilação masculina e feminina é inconstitucional

Milhares de estabelecimentos estão a violar o Artigo 13.º da Constituição da República Portuguesa, que prevê que todos os cidadãos não podem ser privilegiados ou prejudicados de qualquer direito em razão do género. "É inaceitável que uma mulher pague 25 euros por cada sessão para depilar definitivamente o buço e 60 euros pelas axilas, meias pernas e virilhas. É que um homem paga 40 euros pelo bigode e mais de 300 euros pelo abdómen e tórax completo", praguejou o líder da plataforma para a Igualdade de Género na Depilação.

Publicado no Inimigo Público de 15 de Janeiro de 2010

Edição online do Inimigo Público aqui