11 de abril de 2006

Artistas portugueses arranjam a grande desculpa pelo qual não ficaram na história da música: downloads ilegais

Santos e Pecadores, Paulo Norte, Pólo Gonzo (esta troca foi propositada só para eu saber que estavam com atenção  ) andam a fazer queixinhas de que vendem muitos menos discos por causa dos downloads. E até há, pasme-se, artistas portugueses de qualidade profissional a argumentar que a net é a causa de todos os problemas de carreira dos coitadinhos dos artistas. Eu diria que o grande problema é a droga ou a falta de talento. No caso dos Santos e Pecadores o grande problema é a droga e a falta de talento. Eu diria que 90 e picos por cento das músicas de artistas portugueses nunca foram partilhadas na net por ninguém porque nem de borla têm interesse. Sou daqueles que está contra a criminalização dos downloads ilegais. Em compensação quem compra um CD da Madalena Iglésias daqueles do catálogo do Círculo de Leitores era bem preso.

Os artistas portugueses já têm fama de arranjar desculpas esfarrapadas e não é de agora. A Linda de Suza, o Alfredo Marceneiro e mesmo a Severa já se queixavam do Emule e do Limewire.