7 de maio de 2009

TV de Santana Lopes acusada de explorar mão-de-obra infantil

A candidatura de Pedro Santana Lopes foi lançada através de um canal de televisão na Internet, o canal «TV Lisboa». A tenra idade de dois apresentadores do canal levou a inspecção-geral de trabalho a visitar as instalações do canal. “Já abrimos 25 processos-crime. Encontrámos dezenas de jovens a trabalhar a tempo inteiro em situação irregular. Não têm contrato de trabalho e são pagos em gomas e Kinder. Estes trabalhadores arriscam-se a não passar para o 8º ano porque não têm tempo para estudar”, afirmou o inspector-geral de trabalho, Paulo Morgado Carvalho.