18 de maio de 2009

Gangues da Bela Vista usam Lança-granadas feitos a partir de um Magalhães

Depois dos Magalhães à venda na feira a preços módicos, chegaram as armas de guerrilha urbana feitas a partir de Magalhães. “Tenho granadas “Magalhães” de explosão, de fragmentação, de fumaça, de impacto, incendiárias, lacrimogéneas e de gás. A cavilha de segurança é a tecla delete. As ranhuras de encaixe é um pedaço da motherboard, o pavio, as espoletas e o detonador são restos do processador, disco rígido e memórias RAM do Magalhães. Tenho aqui um cocktail Molotov feito com uma bateria de um Magalhães e isto é um míssil terra-ar Caixa Mágica”, afirmou um morador do Bairro da Bela Vista.