31 de janeiro de 2009

Mulher paranóica acha que reflexões sobre a vida colocadas pelos seus colegas de trabalho no msn são críticas indirectas para ela

Uma Secretária/Recepcionista agrediu duas colegas de trabalho depois de um ataque de fúria causado por mensagens pessoais do msn. Segundo a secretária, o mau ambiente e os conflitos dentro da empresa já se estavam a arrastar há meses. “Tudo começou quando a Rosângela inseriu a frase “Desejo o dobro do que me desejares”. Depois a colega dela começou a inserir dezenas de mensagens por dia bastante suspeitas como “Sly – Massive Attack” , “Carpe diem, carpe noctem” e “on ebuddy.com Web Messenger”. Hoje chego aqui e vejo mensagens venenosas como “Deus cuida de mim, nas sombras das tuas asas” e “se a vida te dá limões, faz limonadas". Para mim foi a gota de água”, afirmou a secretária.