18 de maio de 2007

Abriu grupo de auto-ajuda para pessoas que não conseguem afastar-se da caixa MB enquanto analisam o papel do saldo da conta

A criação deste grupo de auto-ajuda vem no seguimento da inclusão oficial, nesta semana, deste comportamento na lista da Classificação Internacional de Doenças. O Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais, DSM-IV, também já fornece critérios de diagnóstico e de tratamento para esta perturbação mental. "Queremos ajudar estes indivíduos a curarem-se deste vício optando por consultar rapidamente o saldo no ecrã e ir embora, usar o internet banking ou optar por uma solução intermédia que é desviarem-se dois metros, permitindo que outros usem a caixa", afirmou o mentor deste novo grupo. O Bloco de Esquerda já afirmou publicamente que defende a liberalização da venda de caixas multibanco leves para uso doméstico e vai propor ao Parlamento a criação de salas de consultas de saldos para as pessoas que sofrem desta doença.