17 de setembro de 2006

Manifestação contra as bicas a 55 cêntimos juntou 500 mil pessoas

A manifestação foi organizada por SMS e teve uma adesão que ultrapassou as expectativas mais optimistas do porta-voz do movimento cívico “Cappuccino Vermelho”. Cláudio Amarildo confessou estar muito entusiasmado: “ou então estou acelerado por causa do café. O Sociólogo Leandro Alberto explica as razões para tão contundente expressão cívica por: “Quando a moeda era o escudo, um café custava 50 escudos. Veio o euro e o custo do café duplicou para os 50 cêntimos. Este grupo de cidadãos considerou que passar um café para 55 cêntimos é um abuso. Nem imagino as consequências de um café a 60 cêntimos”. Mila, dona de um café considera que está a ser vítima de injustiças: “Por uns pagam os outros. Eu vendo um café a 55 cêntimos mas faço questão de colocar a chávena em cima de dois pires de tamanhos diferentes e um bombom ou um rebuçadito”.