5 de fevereiro de 2009

Nigerianos alegam que receberam mails da mãe do Sócrates a dizer que tinha milhões para dar

As autoridades inglesas enviaram ao DCIAP uma outra carta rogatória contendo informações de uma alegada fraude cometida pela mãe de Sócrates. Segundo uma investigação da polícia inglesa e do Departamento de Investigação de Fraudes Graves (Serious Fraud Office), a mãe de Sócrates terá enviado mails a executivos nigerianos recorrendo à mesma fórmula dos esquemas fraudulentos usados naquele país. “Recebi um email da Drª Maria Adelaide, advogada de um cliente que morreu num ataque bombista e que não tinha família a quem deixar a sua fortuna pessoal. Tal como combinado, eu adiantei 150 mil dólares para despesas com papeladas. Até hoje ainda aguardo os 12milhões de libras e os imóveis da Rua Braamcamp.”, afirmou um nigeriano que denunciou o caso às autoridades inglesas.