18 de fevereiro de 2009

Informáticos sacrificam computadores Macintosh e acendem velinhas USB na Serra de Sintra

Uma seita intitulada “Orixás Microsoft” está a organizar às sextas-feiras actos pagãos e hereges que misturam influências dos cultos satânicos. Um dos rituais mais conhecidos desta seita é o ritual “Pentium” que consiste em queimar um MacBook, um iPhone e um iMac numa fogueira feita com iPods Nano e molduras virtuais carregadas de ficheiros jpeg do Logo da Apple. “Aprendi umas macumbas e uns candomblés novos. Vou fazer um pentagrama de computadores PowerBook Duo, modelo de 1992, o primeiro notebook com replicador de portas, e vou picar ecrãs LCD de 24 polegadas que tenham screensavers com fotos do Steve Jobs”, afirmou um informático.