4 de setembro de 2008

Sócrates passou férias na Atlântida

O local onde Sócrates passa as suas férias poderá ser um dos segredos de estado mais bem guardados de toda a História Política de Portugal. Conforme a versão oficial do governo, criada com o intuito de despistar e baralhar os curiosos, o primeiro-ministro reuniu-se, conviveu e assinou diversos protocolos com o rei da Atlântida, o doutor Poseidon, deus dos mares. Sócrates terá visitado as dez áreas anelares, o palácio central e o templo, conhecido pelos seus muros cobertos de ouro. No último dia, o primeiro-ministro visitou a cidade submersa celebrizada no romance de Júlio Verne, '20.000 Léguas Submarinas' e considerou que tanto as sereias como os outros seres humanos subaquáticos foram muito mais simpáticos e receptivos que o Minotauro, criatura meio homem e meio touro que habita num labirinto, local que Sócrates visitou durante as suas férias do ano passado.